INVERNO QUE CHEGA..

INVERNO  QUE  CHEGA..

PARA REFLETIR

A vida só acontece através do tempo, mas toda a
vida é uma luta para impedir que o tempo passe...
(Rubem Alves)

PENSE NISSO!!

A vida na Terra é somente uma passagem, no entanto, algumas pessoas vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e esquecem de ser feliz.

VIDA - UM PRESENTE DO UNIVERSO

O Universo é capaz de organizar todas as circunstâncias e eventos necessários no momento certo e perfeito, e o momento certo diz respeito a você se harmonizar com o seu eu superior. Não tente se apressar na direção da meta. Se você se mantiver vibratoriamente em harmonia com qualquer desejo, o Universo seguramente encontrará uma maneira de torná-lo realidade. (Gill Edwards)

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

COISAS DA VIDA...

Quando encostei de leve a minha mão na tua
mal podia saber que me apaixonaria...
Um toque tão casual e corriqueiro que
poderia acontecer com qualquer um
mas o meu corpo, não sei porque, te reconheceu
e o meu olhar no teu se estendeu...

Este incompreensível amar que inventa regras e
mil maneiras de se expor dentro daquilo que chamamos vida..
campos gravitacionais que se atraem como nos contos de fadas...
Coisas de destino, aprontando das suas?? Quem sabe...
Mas o certo é que nunca mais
deixei de pensar em você...

sábado, 17 de agosto de 2013

INCERTEZA

Incertos esses ventos
que fustigam e levam os meus cabelos
como incerta
a minha certeza de existir.
Bússola, percorro-me
sem encontrar o triângulo do meu norte.
Quase noite
neste entardecer incerto
esta incerteza de crepúsculo
trazido no gemido das aves tardias,
incertas nestas horas
gotas de tempo perdidas
em que sei que não vivo.
Busco-te náufraga de mim,
rochedo mudo e desejado
na praia da minha manhã...
(Lília Tavares - in Parto com os ventos)

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

DECLARO-ME VIVO...

Antigamente preocupava-me quando os outros falavam mal de mim.
Então fazia o que eles queriam, e a minha consciência censurava-me.
Entretanto, apesar do meu esforço para ser bem educado, alguém sempre
me difamava.
Como agradeço a essas pessoas por me terem ensinado que a vida é
apenas um cenário.
Desde esse momento, atrevo-me a ser como sou..
perdoem-me se a minha felicidade é insuportável, mas não escolhi
o bom senso comum..
prefiro a imaginação dos índios que tem embutida a inocência.
A melhor forma de despertar é deixar de questionar se as nossas ações
incomodam aqueles que estão ao nosso lado.
Por esta razão, é muito importante que apenas o Amor inspire nossos atos.
Não sou um sábio, sou apenas um ser apaixonado pela Vida.
Sem amor nada tem sentido..
sem amor corremos o risco de estarmos a caminhar de costas para a Luz...
Amo a minha loucura que me vacina contra a estupidez...
Amo o amor que me imuniza contra a infelicidade que prolifera
infectando almas e atrofiando corações.
As pessoas estão tão reprimidas que a ternura espontânea e o amor
inspiram-lhes desconfianças.
A vida é um cântico à beleza, um chamado à transparência.
Com tudo isso, peço-lhes perdão....mas declaro-me VIVO!
(Trecho da carta do índio Chamalú da tribo Chéchua -EUA-)

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

O SOM DA TUA VOZ...

Quando o meu corpo morrer
o vento gelado da solidão me levará
por entre pastagens verdejantes
no rumo daquela velha figueira
aonde brincávamos quando criança..
e ali descansarei...

As folhas secas, amareladas pelo tempo
e caídas de seus tortuosos galhos
dividirão a mesma terra grossa
e a mesma penumbra.

E quando o tempo passar
e eu tomar consciência da beleza da eternidade
entregar-me-ei ao abandono da alma...
e me sentindo ainda teu dono
quem sabe escutar através do vento
o som da tua voz...

sábado, 3 de agosto de 2013

POESIA...

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos,
resta-nos um último recurso: não fazer mais nada.
Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou
a ternura que havíamos solicitado,
melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos
que nos negaram.
Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente
mas nunca por força de imposição.
Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;
outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés.
Os sentimentos são sempre uma surpresa.
Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou
um favor concedido.
Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e
desprezamos quem melhor nos quer.
Assim, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado,
resta-nos um só caminho...
o de mais nada fazer...
(Clarice Lispector)